urandir   Página oficial do deputado Jean Wyllys no Facebook é invadida

9ets News – Notícias Brasil – Urandir News-

   urandir   Página oficial do deputado Jean Wyllys no Facebook é invadida

A foto de capa pedia a saída da presidente Dilma Rousseff. A página já foi retomada. Wyllys denunciou a invasão à Polícia Federal e aos Facebook
Reprodução

A página oficial do deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) na rede social Facebook foi, há pouco, invadida. Por volta das 19h deste domingo (13), a foto de perfil do deputado foi substituída por uma imagem de seu rival político, Jair Bolsonaro (PSC-RJ), enquanto a foto de capa pedia a saída da presidente Dilma Rousseff. A página já foi retomada.

Após ser invadida, algumas imagens publicadas na página também pediam a prisão do ex-presidente Lula e faziam críticas ao presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Outra postagem, esta escrita, pedia a saída também do tucano Aécio Neves (PSDB-MG). “Fora Dilma, fora Cunha, fora Aécio, fora todos os políticos corruptos! Lula na cadeia”, dizia uma das mensagens.

A inavsão à página de Wyllys teve ainda uma outra mensagem, chamando Lula como “a pior praga do Brasil”, com a foto do ex-presidente.

Dilma elogiia manifestações nas ruas pelo pais: maturidade 

Antes da invasão, a última mensagem publicada pela assessoria de comunicação do deputado foi feita por volta das 15h e contava com um link para uma entrevista a TV Brasil em que Jean Wyllys apresentava propostas que defende no Congresso Nacional. Pouco antes, o deputado havia postado um desabafo em que afirmava que não iria comparecer às manifestações pró-impeachment deste domingo.
 

Manifestações acontecem em diversas cidades do País. Veja imagens

 

Moro: Importante que as autoridades eleitas e os partidos ouçam a voz das ruas

A página foi retomada aproximadamente 30 minutos depois e as fotos do deputado foram restabelecidas. As mensagens publicadas neste intervalo foram apagadas. A reportagem tentou contato com o deputado Jean Wyllys, mas não recebeu resposta. Logo em seguida, a assessoria de comunicação do deputado publicou no Facebook mensagem explicando a invasão na página de Jean Wyllys.

“A página do deputado foi hackeada durante alguns minutos por criminosos fascistas ligados ao deputado viúva da ditadura militar. Eles trocaram a foto de perfil e fizeram postagens ofensivas e toscas”, diz o comunicado. Segundo a assessoria, a área jurídica do Facebook, bem como a Polícia Federal, já foram acionadas.

Jean Wyllys escreveu por volta das 19h30 o seguinte texto em resposta ao ataque dos hackers: “Como vocês devem ter percebido, a página foi hackeada durante alguns minutos por criminosos fascistas ligados ao deputado viúva da ditadura militar. Eles trocaram a foto de perfil e fizeram postagens ofensivas e toscas. Rapidamente, a área jurídica do Facebook no Brasil foi avisada e a equipe do deputado recuperou o controle. A Polícia Federal já foi acionada e os bandidos fascistas que fizeram isso deverão responder na justiça assim que forem individualizados.”

9ets News e Urandir News
Notícias Brasil

Fonte: r7.com