9ets News – Notícias Brasil – Urandir News-

   urandir   Vou ser candidato à Presidência em 2018, afirma Lula

Em depoimento à PF, Luiz Inácio Lula da Silva confirmou sua candidatura à Presidência da República em 2018
Ricardo Stuckert/27.02.2016/Instituto Lula

Em depoimento à PF (Polícia Federal) no início do mês, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que coleciona “desaforos”, destacou que a “falta de respeito e a cretinice” com ele são extrapoladas e foi categórico ao dizer que será candidato à Presidência da República em 2018.

— Estava querendo descansar, vou ser candidato à Presidência em 2018 porque acho que muita gente que fez desaforo para mim vai aguentar desaforo daqui pra frente. Vão ter que ter coragem de me tornar inelegível.

Leia mais notícias de Brasil e Política

Lula destacou sua “história de vida” e relembrou a trajetória de dona Marisa Letícia, sua mulher que, segundo ele, “com 11 anos de idade já trabalhava de empregada doméstica”. Em seguida, disparou contra o promotor Cássio Conserino, do Ministério Público de São Paulo.

— Minha mulher prestar um depoimento sobre uma porra de um apartamento que não é nosso?! Manda a mulher do procurador vir prestar depoimento, a mãe dele. Por quê que vai minha mulher? Por que as pessoas não levam em conta a família que está lá, a molecada frequenta escola. Então, eu quero te dizer o seguinte: eu ando muito puto da vida, muito, muito zangado porque a falta de respeito e a cretinice comigo extrapolou.

O ex-presidente destacou também a luta contra a corrupção no País: “Vou cumprir tudo que eu acho que tem que ser cumprido, porque nesse País ninguém cuidou mais de fazer lei pra cobrir a corrupção do que nós, ninguém, ninguém. Ninguém”. Lula disse que as instituições brasileiras temem a opinião pública e, principalmente, a imprensa brasileira.

— As manchetes dos jornais amedrontam a Polícia Federal, amedrontam o Ministério Público, amedrontam a Suprema Corte, amedrontam todo mundo, todo mundo. […] Nós estamos vivendo uma situação em que as pessoas são condenadas antes de serem julgadas. 

Lula aproveitou ainda para defender o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.

— Eu tinha conhecimento que o Vaccari era um companheiro extraordinário, foi um grande dirigente sindical e foi um grande dirigente do PT. Eu não acredito que o Vaccari tenha acertado percentual com empresa pra receber, não acredito, não acredito. 

9ets News e Urandir News
Notícias Brasil

Fonte: r7.com