9 ETS Fama 2018 by Urandir

Lily Allen agradeceu o cantor do Coldplay, Chris Martin, por estar viva. Em sua autobiografia My Thoughts Exactly (Exatamente meus pensamentos), que deve ser lançada este mês, a cantora revelou que Martin encenou uma intervenção para ajudá-la, depois que ela foi escoltada para fora da festa de Halloween da atriz Kate Hudson em 2014.

Em um trecho publicado no jornal The Sun, Lily revelou que ela tocou no fundo do poço na festa de Hudson, onde ficou bêbada e começou a usar drogas no meio da festa cheia de celebridades.

No capítulo, intitulado “Rock Bottom”, a artista de 33 anos afirma que o vocalista do Coldplay a acompanhou até sua casa depois que ela bateu a cabeça em Orlando Bloom e bateu na porta.

“Eu não sou super próxima de Chris Martin, mas sempre serei grata pelo que ele fez por mim, que foi dizer: ‘Não, Lily, eu não vejo você assim. Eu não quero deitar com você. Eu me preocupo com você. Eu quero ser seu amigo. Eu quero ajudá-la”, ela escreveu.

Lily e Chris foram fotografados por paparazzi esperando do lado de fora da mansão Brentwood de Kate, e os rumores rolaram no momento em que os cantores britânicos se uniram. Em vez disso, o roqueiro de 41 anos de idade estava garantindo que Lily chegasse em casa em segurança.

“Ele e Gwyneth [Gwyneth Paltrow] tinham acabado de terminar, mas eles estavam juntos em Los Angeles (…) Eles me convidaram para o almoço de domingo. Eu não estava muito conversando com Chris, mas ele e Gwyneth me colocaram em contato com seu conselheiro matrimonial. Eu não fui, mas foi o despertar que eu precisava. Percebi que estava doente”, escreveu Allen.

FAMA 9Ets 2018 – Urandir – fama
conteúdo original publicado em ofuxico.com.br